Horário: Temporariamente encerrado para obras de requalificação

Eventos

O Prémio de História Alberto Sampaio 2023 vai ser entregue no Museu que recebeu o nome desta importante personalidade do século XIX ligada à investigação histórica. A cerimónia está marcada para o dia 1 de dezembro, às 15h30.

O vencedor da edição deste ano é Gonçalo Maia Marques pelo trabalho intitulado “Do vinho de Deus ao vinho dos Homens: o vinho, os mosteiros e o Entre Douro e Minho”, um trabalho que analisa o impulso da cultura da vinha por parte das casas monásticas e que, segundo o júri, se sustenta “numa vasta e variada investigação” realizada em diversos arquivos do Norte do país (Braga, Viana e Porto) de Coimbra (AUC) e de Lisboa (ANTT).

Com direção científica da Academia das Ciências de Lisboa, o prémio foi instituído em 1995 pelos Municípios de Guimarães e Vila Nova de Famalicão, aos quais se juntou, entretanto, Braga, e pela Sociedade Martins Sarmento, instituição responsável pela administração do galardão.

De acordo com a rotatividade prevista no Regulamento do Prémio, este ano a entrega tem lugar em Guimarães, no Museu Alberto Sampaio, no feriado de 1 de dezembro, data em que se assinala a morte do historiador.

O objetivo é “homenagear e a manter viva a pessoa e a obra de Alberto Sampaio, promovendo o desenvolvimento dos estudos científicos e investigação nas áreas ligadas ao seu legado, em especial, nas disciplinas da História Social e Económica”.

O trabalho de Gonçalo Maia Marques, agora premiado, será posteriormente publicado na Revista de Guimarães, também da responsabilidade da SMS.