Horário: De terça a domingo, das 10h00 às 18h00

Rua Alfredo Guimarães

4800-407 Guimarães

Eventos

A partir do mês de abril, o Museu de Alberto Sampaio acolhe uma exposição temporária de fotografia. Fátima Carvalho apresenta “Árvores Vigilantes do Tempo”.

Autóctones, exóticas ou “veneráveis”, pela sua longevidade ou simbologia, as árvores surgem como monumentos. O castanheiro, a alfarrobeira ou o freixo. O tulipeiro, o cedro ou o eucalipto. A oliveira, como a de Serralves, com cerca de 1500 anos, ou a do claustro do MAS, com pelo menos cem. Os carvalhos da Cruz, em Salto, Montalegre, e do Jardim Botânico do Porto.

Fátima Carvalho nasceu precisamente em Salto, Montalegre. Começou a fotografar na década de 90 e expõe a partir de 2014. Nas palavras do escritor José Manuel Mendes, a sua fotografia é “um poema botânico”.

A inauguração está marcada para o dia 9 de abril e exposição pode ser vista até 26 de junho no claustro do MAS e na Sala do Capítulo.