Horário: De terça a domingo, das 10h00 às 18h00

Rua Alfredo Guimarães

4800-407 Guimarães

São Vicente, São Martinho e São Sebastião

 

São Vicente, São Martinho e São Sebastião

Autor: Évora, Oficina do Espinheiro

Data: ca. 1530

Material: Óleo sobre madeira

Dimensões: alt. 179 x larg. 170

Proveniência: Guimarães, Mosteiro de Santa Marinha da Costa

N.º de Inventário: MAS P 61

Três santos – São Vicente, São Martinho e São Sebastião – preenchem este painel, sendo identificados por filacteras colocadas aos seus pés, onde se inscrevem os seus nomes latinos. São Martinho surge representado de acordo com uma iconografia pouco habitual, dando esmola ao mendigo e paramentado com as vestes do seu episcopado em Tours (França). À direita, ao fundo, vê-se a fugaz figura do archeiro que martirizou São Sebastião, encontrando-se este prestes a receber das mãos de um anjo a coroa e a palma que simbolizam a sua condição de mártir cristão. São Vicente também surge acompanhado dos seus atributos iconográficos, nomeadamente do corvo, o qual com o seu bico, levanta a filactera com o nome do santo, evidenciando-o. Os barcos na linha do horizonte serão outro elemento alusivo à história lendária de São Vicente.

Obra resultante de trabalho colaboracionista saída da oficina do Convento do Espinheiro, cuja exclusividade, em termos de produção artística, a tradição cronística hieronimita atribui ao célebre jerónimo de origem flamenga Frei Carlos. Apresenta uma boa qualidade de execução e documenta os repertórios luso-flamengos que conheceram grande expansão no sul do país no segundo quartel do século XVI.