Horário: De terça a domingo, das 10h00 às 18h00

Rua Alfredo Guimarães

4800-407 Guimarães

Restauros

Restauros

Desde 2001 que o Museu vem restaurando as suas colecções, contando para o efeito com o apoio de muitos mecenas. Aqui lhe damos conta das peças que têm vindo a ser restauradas, chamando a vossa atenção para um ou outro restauro.

Conservação, limpeza e restauro da coleção de Ourivesaria do Museu Alberto Sampaio

No âmbito da exposição de ourivesaria vimaranense “Ourives de Guimarães ao serviço de Deus e dos Homens” foram realizados, por uma técnica-superior de restauro, tratamentos de conservação, limpeza e restauro em algumas das peças de ourivesaria patentes na exposição.
Os objectos de prata desde sempre fascinaram os olhares humanos pelo seu brilho, simbologia e delicadeza de trabalho. Com o passar do tempo estes vão ficando baços, perdendo o brilho, ficando por vezes negros, dificultando a sua leitura e entendimento. Os tratamentos realizados tiveram como principal objectivo melhorar a leitura das peças, recuperando o seu esplendor e visibilidade.
Cada peça foi cuidadosamente observada, sendo realizado um diagnóstico preliminar do seu estado de conservação. Esta intervenção permitiu na maioria dos casos o conhecimento do número de elementos que compõem cada peça, bem como perceber as diferentes técnicas de execução, surgindo por vezes assinaturas ou marcas que de outro modo não seriam visíveis. Os procedimentos foram documentados, tendo sido feito o registo da evolução da peça: o estado inicial, o decorrer dos trabalhos de restauro e a sua conclusão. Esta documentação é uma mais-valia para a valorização da peça em termos de caracterização, bem como para a manutenção de boas condições de preservação. Ela permite também saber o que foi feito, quando e porquê, para que mais tarde as gerações vindouras possam fruir a peça, e se necessário decidir as suas opções de restauro com fundamento na documentação existente.