Horário: De terça a domingo, das 10h00 às 18h00

Rua Alfredo Guimarães

4800-407 Guimarães

Santa Bárbara

 

Santa Bárbara

Autor: Desconhecido

Data: Século XV

Material: Calcário policromado

Dimensões (cm): alt. 93 x larg. 28,5 x prof. 16

Proveniência: Desconhecida

N.º de Inventário: MAS E 42

Escultura de Santa Bárbara coroada com grinalda, segurando na mão direita, uma palma, e, na mão esquerda, um livro aberto, sobre o qual assentaria uma torre, símbolo do lugar onde terá sido aprisionada pelo pai.

A existência carnal de Santa Bárbara é duvidosa. Segundo a lenda nasce em Nicomédia (atual Izmit, na Turquia), perto do mar de Mármara. O pai, Dióscoro, encerra-a numa torre para a proteger dos olhares masculinos, ou, segundo outra versão, das influências do cristianismo. Bárbara aproveita uma das viagens de seu pai para se converter ao catolicismo. Este, ao descobrir o sucedido, manda-a decapitar, mas, por intervenção divina, um raio fulmina Dióscoro reduzindo-o a cinzas. É este o motivo pelo qual Santa Bárbara é invocada como protetora contra raios e trovoada.