Horário: De terça a domingo, das 10h00 às 18h00

Rua Alfredo Guimarães

4800-407 Guimarães

Visão de Afonso Henriques na Batalha de Ourique

 

Visão de Afonso Henriques na Batalha de Ourique

Autor: Frei Manuel dos Reis

Data: 1665

Material: Óleo sobre tela

Dimensões (cm): alt. 173 x larg. 152

Proveniência: Guimarães, Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira

N.º de Inventário: MAS P  51

Nesta pintura alude-se ao episódio lendário da visão de Cristo por Afonso Henriques antes da Batalha de Ourique contra os Mouros, em 1139. Afonso Henriques, com armadura completa, cabeça descoberta e mãos postas, está ajoelhado, levantando os olhos para o céu. Neste, no meio de um clarão, vê-se a imagem de Cristo crucificado, rodeada de cabeças de anjos e um anjo em corpo inteiro. No chão, está o elmo emplumado, a espada e os guantes. No lado direito vislumbra-se uma cena de batalha, enquanto no canto superior esquerdo se veem um monge e um guerreiro no centro de uma nuvem escura.

Esta tela do século XVII foi encomendada, em conjunto com outras três (MAS P 50, MAS P 52; MAS P 53), ao frade-pintor Manuel dos Reis pelo Dom Prior da Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira, Dom Diogo Lobo da Silveira. A intenção ao encomendar estas quatro pinturas era a de formar um grande retábulo para guarnecer o altar-mor da igreja de Nossa Senhora da Oliveira. Dom Diogo Lobo da Silveira queria, depois dos sessenta anos de domínio filipino e logo após a guerra da Restauração, propagandear os feitos dos portugueses e estimular o sentimento patriótico.

As quatro pinturas que constituíam o retábulo tinham representados dois reis fulcrais na História de Portugal: Dom Afonso Henriques, o primeiro rei de Portugal, e Dom João I, o primeiro rei da segunda dinastia. Funcionavam estas pinturas como ex-votos políticos, isto é, ofertas de agradecimento a Nossa Senhora da Oliveira pela Sua intercessão em momentos difíceis vividos pelos portugueses.