Horário: De terça a domingo, das 10h00 às 18h00

Rua Alfredo Guimarães

4800-407 Guimarães

Palacete

Palacete

Situado na emblemática Praça de Santiago, este edifício oitocentista tem vindo a contribuir para o enriquecimento cultural da cidade, dada a diversidade de eventos que os seus espaços permitem dinamizar.

O Palacete de Santiago é um edifício construído junto do coração da cidade medieval, na Praça de Santiago, junto aos antigos Paços do Concelho e perto da Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira. O palacete foi construído em meados do século XIX, no contexto do liberalismo triunfante, e refletindo a promoção social da burguesia comercial e industrial em ascensão na cidade. Edificado para ser casa de família, foi ocupado de 1872 a 1878 pelo Banco de Guimarães, onde trabalhou Alberto Sampaio, patrono do Museu.

Posteriormente pertenceu ao Banco Comercial de Guimarães, e em 1891, com a restauração da Insígne e Real Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira, foi aí instalado o pequeno seminário-liceu de Nossa Senhora da Oliveira, inaugurado em 29 de novembro, pelo rei D. Carlos, e tendo aí permanecido até 1893. Em 1912 o edifício foi vendido a um particular, e em 1971 foi arrendado pela Câmara Municipal, para aí colocar provisoriamente o Centro de Saúde. Após obras de restauro, foi inaugurado como ampliação do Museu de Alberto Sampaio, em 26 de junho de 2014.

Espaço Expositivo

Biblioteca

Reservas Museológicas