Horário: De terça a domingo, das 10h00 às 18h00

Rua Alfredo Guimarães

4800-407 Guimarães

Teatro de Sombras

Teatro de Sombras

O Museu de Alberto Sampaio dispõe de vários teatros de sombra através dos quais se dão a conhecer, de forma muito apelativa, as histórias ligadas aos espaços e às coleções do museu, assim como as histórias e lendas de Guimarães.

E assim nasceu Guimarães

Neste teatro de sombras, explicamos onde e como Guimarães nasceu, damos a conhecer personalidades como Mumadona Dias e o Conde D. Henrique e mostramos que papéis desempenharam neste importante processo.

Público-alvo: 1.º e 2.º ciclos
Tempo médio: 30 minutos
N.º máximo de participantes: 60
Público-alvo: Alunos do Jardim de Infância, 1.º e 2.º ciclos
Duração: 20 minutos
Nº de participantes: 60 visitantes

 

 

Lenda do espirro de D. João I

Foi quando se encontrava em Guimarães, depois de ter tomado a vila de baixo, e já instalado na casa do D. Prior, que o rei D. João I recebeu a notícia de que o rei de Castela ia invadir Portugal. Diz a lenda que, prestes a entrar no campo de batalha, deu um espirro, que tomou como sinal de mau agoiro. Receoso da derrota nesta grande batalha, que ficou conhecida com a Batalha de Aljubarrota, o rei pediu ajuda a Santa Maria da Oliveira. Venha descobrir o que aconteceu!

Público-alvo: Alunos do Jardim de Infância, 1.º e 2.º ciclos
Duração: 20 minutos
Nº de participantes: 60 visitantes

 

Lenda de Santa Catarina de Penha

Este teatro de marionetas gira em torno do nome do monte da Penha ou monte de Santa Catarina da Penha e conta-nos a história de Catarina, uma dócil pastorinha que salvou este monte do terrível ataque de Ataúlfo e do seu exército. Com muita coragem e um plano astucioso, Catarina tornou-se numa verdadeira heroína!

Público-alvo: Alunos do Jardim de Infância, 1.º e 2.º ciclos
Duração: 20 minutos
Nº de participantes: 60 visitantes

 

 

Lenda da Oliveira

Este teatro de sombras conta-nos a história de uma das Praças mais emblemáticas e antigas de Guimarães. A história gira em torno da oliveira que dá o nome à Praça, à Igreja aí existente e à santa que nela se venera: Santa Maria da Oliveira.

Público-alvo: Alunos do Jardim de Infância, 1.º e 2.º ciclos
Duração: 20 minutos
Nº de participantes: 60 visitantes

 

Lenda do Cutileiro

Esta é a história de um talentoso cutileiro de Creixomil, que, vivendo tempos de dificuldade e cheio de vontade de vencer na vida, decide partir para o Brasil. Lá, põe mãos à obra e começa a trabalhar mas, por mais que se esforce, não consegue que as suas peças saiam perfeitas. Venham descobrir porquê!

Público-alvo: Alunos do Jardim de Infância, 1.º e 2.º ciclos
Duração: 20 minutos
Nº de participantes: 60 visitantes

 

Lendas de Egas Moniz

Neste teatro, a história remonta às origens da nossa nacionalidade e a personagem principal é Egas Moniz, segundo a tradição, o aio do nosso primeiro rei, D. Afonso Henriques. Vamos (re)descobrir como conseguiu resolver o cerco que Afonso VII, rei de Leão e Castela e primo do nosso monarca, fez ao Castelo de Guimarães. É uma história de coragem e de astúcia num tempo em que os homens se regiam pela honra!

Público-alvo: Alunos do Jardim de Infância, 1.º e 2.º ciclos
Duração: 20 minutos
Nº de participantes: 60 visitantes

 

Lenda da Santa Cabeça

Neste teatro, conta-se uma história muito curiosa que gira em torno de um relicário muito bizarro e de uma cadela raivosa e que tem como protagonista D. João I, o rei da Boa Memória.

Público-alvo: Alunos do Jardim de Infância, 1.º e 2.º ciclos
Duração: 20 minutos
Nº de participantes: 60 visitantes

 

 

Lenda de Santa Margarida

Este teatro de sombras conta-nos mais uma lenda ligada a Guimarães: a incrível história da corajosa Santa Margarida, outrora venerada na Igreja de São Miguel ou de Santa Margarida, junto ao castelo.

Público-alvo: Alunos do Jardim de Infância, 1.º e 2.º ciclos
Duração: 20 minutos
Nº de participantes: 60 visitantes

 

Mãos Enamoradas

No dia 14 de fevereiro, Dia dos Namorados, o museu aproveita para dar a conhecer a história de duas artes vimaranenses, cheias de tradição, que falam de amor! Através deste teatro de sombras conta-se, de uma forma mágica e poética, a história da cantarinha das prendas e do bordado de Guimarães, que pode ser usado nos Lenços dos Namorados.

Público-alvo: Alunos do Jardim de Infância, 1.º e 2.º ciclos
Duração: 20 minutos
Nº de participantes: 60 visitantes