Horário: Temporariamente encerrado para obras de requalificação

A família dos Condes de Margaride acaba de doar ao Museu de Alberto Sampaio uma cruz relicário do século XVII, em prata.

O ato de doação realizou-se no dia 14 de junho, precisamente na Casa de Margaride, freguesia de Mesão Frio, em Guimarães, entre os familiares e herdeiros de Helena Maria Corrêa de Barros Cardoso de Macedo e Menezes, representados por Francisco Xavier de Barros Cardoso de Menezes, e a diretora do Museu de Alberto Sampaio, Isabel Maria Fernandes. Presente esteve também o presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança.

Em causa está uma cruz relicário em prata, decorada com folhagens e flores, com cruz em cristal de rocha sobre seis relíquias sacras. Possui ainda o estojo original de couro, gravado a ferros a seco, e estrutura de madeira revestida a seda no interior.

O objetivo da família é homenagear e perpetuar o nome da anterior proprietária da peça e, também, assegurar a permanência em Guimarães desta obra de arte da família dos Condes de Margaride.

O Museu de Alberto Sampaio não pode deixar de agradecer ao Dr. José Couceiro da Costa, proprietário da Casa de Margaride, o seu empenho pessoal junto da família para que este relicário se mantivesse em Guimarães e fosse doado ao nosso museu.