Horário: De terça a domingo, das 10h00 às 18h00

Rua Alfredo Guimarães

4800-407 Guimarães

Tinteiros

 

Tinteiros

Autor: Desconhecido

Data: Século XVI

Material: Prata branca

Dimensões (cm): MAS OD 1 e MAS OD 2: alt. 10,5 x larg. 11 | MAS OD 3: alt. 11 x larg. 10,5

Proveniência: Guimarães, Casa do Senado

Proprietário: Guimarães, Câmara Municipal de Guimarães

N.º de Inventário: MAS OD 1, MAS OD 2 e MAS OD 3

Estes três tinteiros manuelinos são peças ligeiramente bojudas e, na parte superior de cada um deles, abre-se uma boca circular, rodeada de cinco orifícios de menores dimensões, destinados às penas.

Em redor do bojo distribuem-se três motivos heráldicos: as armas do Duque de Bragança, as armas de Guimarães (representação de Nossa Senhora da Oliveira) e a esfera armilar, separados por folhagem de acanto.

Trata-se de peças raras na época e apresentam uma tipologia pouco comum na ourivesaria civil portuguesa.

Terão sido, provavelmente, oferta do quinto duque de Bragança, Dom Teodósio, ao Senado de Guimarães, onde, acompanhados de três areeiros do século XVII (MAS OD 4, MAS OD 5 e MAS OD 6) terão servido nos atos escritos que, durante séculos, modelaram a vida da sociedade local.